domingo, 31 de janeiro de 2010

Felicidade-Tão simples...

Esta semana li o post da Nakamura sobre felicidade,vi as fotos maravilhosas dela e fiquei pensando no sentido da felicidade.
Eu sou feliz com coisas bem simples,então percebi há muito tempo que sou feliz porque a felicidade está em tudo que faço e tudo que amo,dentro de mim há felicidade.
Mas tem pessoas que buscam incessantemente a felicidade e mesmo tendo todas as coisas materiais que desejam não são felizes.
Eu tive doença do pânico algum tempo atrás e aprendi que tinha que encontrar de novo a felicidade,fazer as pazes mas antes tinha que descobrir a origem dos meus medos,então depois disto percebi a grandiosidade de um momento.
Eu adorava passear com o meu pai,quando eu trabalhava com vendas externas em uma empresa onde tinha que visitar bairros longes,eu o levava para conhecer e íamos conversando durante o percurso,eu ficava tão feliz quando ele ia que meu dia se transformava.
Hoje,coisas pequenas me deixam felizes,vou dar um exemplo simples e que aconteceu na noite de sexta-feira.
Ocorreu a inauguração de um novo prédio próximo a minha casa,veio o governador,pessoas famosas da cidade,banda de música famosa e tal mas eu não tive vontade de ir.Eu vi o movimento,convidei minha mãe ela não quis,convidei meu marido ele não quis também,então como já não estava com vontade não fui sozinha.
Quando a banda começou a tocar meu marido estava no jardim e começamos a conversar,de repente olhamos a lua e ele me chamou para dançar,eram músicas lindas,foi muito divertido,dançamos,rimos,conversamos e fomos dormir super tarde,quando a banda terminou de tocar.Fizemos nossa festa no jardim,não precisamos de nada além do que tínhamos para sermos felizes naquela noite.
Reflita e comece a semana dando mais valor as oportunidades de um momento!

4 comentários:

  1. A felicidade existe quando acreditamos em nós mesmo. Somos capases de criar dentro de nós sentimentos maravilhosos, precisamos é reconheces nossos valores. A felicidade é um espaço criado dentro da alma e que somente nós mesmo temos ascesso. Felicidades pra você, Lília e uma abraço.

    ResponderExcluir
  2. "dar mais valor as oportunidades de um momento!" Este é o ponto chave de seu texto Lilia, muitas pessoas valorizam as coisas pelo valor monetário ou grau de dificuldade de tê-lo alcançado.. em ambos os casos agem errado ... pois normalemnte as coisas que nos fazem felizes são as que amamos. Você citou seu pai lembro bem quando eu tinha uns 5 pra 6 anos e ia na fábrica onde meu pai trabalhava passeando e conversando com ele ou outras vezes quando sentada em casa no colo dele cantando a música "Coisinha do pai" da Beth Carvalho. São momentos que não voltam mais, porém mesmo ja tendo passado 13 anos de falecimento isso nunca me sairá da memória.

    Beijos viu, adorei seu blogger, passei a te seguir aqui. Visita meu cantinho depois pra conhecer.
    Márcia Canêdo

    ResponderExcluir
  3. olá lilia,
    muito bom seu post, momentos felizes são assim, puros. Parabéns pelo livro, depois vou ler o trecho com calma.
    um grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi! Tem um site muito bacana que possui mais de 50.000 acessos ao dia e fazem parceria com blogs/sites, vale a pena! Eu já fiz o meu!Só lembrando que como se trata de uma parceria você tem que colocar o selo deles também no seu blog/site, que você pode pegá lo no mesmo link abaixo!Senão você não receberá acessos!

    Aí vai o link: http://www.guiademulher.com.br/enviar_blog.php

    Um abraço!

    ResponderExcluir